Mudança de hábitos alimentares: confira os 6 principais benefícios

Em meio à crescente conscientização da população sobre a necessidade de adotar um estilo de vida mais saudável, não param de surgir novas dicas sobre mudança de hábitos alimentares que devem ser cultivadas.

A alimentação balanceada e diversificada apresenta inúmeros benefícios, incluindo, desde a prevenção de doenças graves até o envelhecimento salutar; distante dos remédios.

Que tal começar a promover esta mudança a partir de hoje? Para te ajudar a dar os primeiros passos, nós separamos neste artigo as principais vantagens de iniciar esta transformação alimentar na sua rotina. Confira!

1. Melhora no sistema digestivo

Se você sofre com o intestino preso, saiba que a mudança de hábitos alimentares induz a uma melhora significativa no sistema digestivo.

É importante lembrar que a eliminação de toxinas do corpo humano indica que o organismo está funcionando como deveria e a ingestão de comidas nutritivas ajuda nesse processo.

Nesse caso, uma boa recomendação é ingerir alimentos com fibras, como grãos e leguminosas, cereais e frutas. Quando nosso metabolismo funciona bem ganhamos mais disposição e alegria.

2. Impacta positivamente o mundo

Você já parou para pensar que a simples adoção de hábitos mais equilibrados na alimentação impacta não somente a sua rotina, mas também todo o mundo?

Optando por evitar o consumo de carne, por exemplo, tenha a certeza de que você está contribuindo para reduzir o desmatamento, a poluição, testes de produtos em animais e muitos outros.

A alimentação saudável é uma das maiores armas para a prevenção de doenças como diabetes, obesidade, hipertensão e câncer. E quando essa escolha está aliada ao pensamento social e ambiental, ela se torna também uma atitude humanitária.

3. Quem come melhor, pensa melhor

A alimentação adequada auxilia na realização de diferentes atividades como as intelectuais. Isso porque os nutrientes dos alimentos são a matéria prima para que todas as nossas células executem bem suas funções, incluindo nossos bilhões de neurônios.

Para se ter uma ideia mais clara, cada célula necessita em média de 45 nutrientes para ter um bom desempenho. E quando isso não acontece, quando nossas células estão desnutridas ou intoxicadas, nossa saúde mental é afetada.

Por exemplo: a carência de magnésio atrapalha a formação da acetilcolina, um neurotransmissor responsável pela memória. Ou seja, a manutenção e integridade de todas as funções nervosas depende da presença de nutrientes.

Segundo a nutricionista Luciana Ayer, quem come melhor, pensa melhor. “Estamos em um momento planetário em que precisamos ter a cabeça lúcida para tomarmos as melhores decisões”

4. Fortalecimento do sistema imunológico

Ao consumir maior quantidade de folhas verde escuras, como espinafre, couve, brócolis ou agrião, o seu sistema imunológico passa a ficar mais fortalecido e resistente por causa da alta presença de minerais e vitaminas essenciais. Já outros alimentos como a cenoura e a cebola são antioxidantes, prevenindo o envelhecimento precoce das células.

Dessa forma, a propensão a adquirir doenças também reduz com o auxílio da mudança de hábitos alimentares.

5. Prevenção contra doenças cardiovasculares

As doenças que atacam os vasos sanguíneos e o coração são chamadas de cardiovasculares. Dentre elas, existe a hipertensão, que afeta 24,7% das pessoas no Brasil.

Cerca de 388 brasileiros morrem todos os dias por causa da pressão alta. Ou seja, esse é um problema de saúde grave da população. No entanto, por meio do consumo de alimentos saudáveis, essa doença pode ser evitada.

6. Impacta na saúde das crianças

Quem tem filhos sabe que as crianças se espelham nos adultos, não é mesmo? Por isso, os pais precisam servir de exemplo em todas as áreas da vida, incluindo a saúde.

Se você consome comidas gordurosas e sem valor nutritivo durante a maior parte da semana, o seu filho não irá ver problemas em fazer o mesmo.

De acordo com a Federação Mundial da Obesidade, a estimativa é que 268 milhões de crianças e adolescentes estejam obesas até 2025. Dessa forma, investir no cuidado com a própria saúde reflete também na atenção que o seu pequeno terá com a saúde dele.

Por isso, ignorar a necessidade de adotar uma mudança de hábitos alimentares não é o caminho mais adequado. O ideal é implementá-la o quanto antes para que os benefícios cheguem rapidamente para toda a família.

Se você deseja acompanhar mais conteúdos sobre alimentação saudável, siga as nossas redes sociais! Estamos no Facebook e no Instagram.

Quanto mais natural, melhor.

Chega de ultraprocessados, realçadores de sabor e de listas de ingredientes impossíveis de entender. As nossas
refeições não tem corantes ou conservantes artificiais, e cada ingrediente é comida de verdade.