Como ter uma dieta balanceada que realmente ajude?

Para ter mais saúde, disposição e longevidade, é indispensável manter hábitos saudáveis. É por meio deles que conquistamos o tão sonhado bem-estar e a qualidade de vida. Uma das maiores dúvidas de quem está melhorando seu estilo de vida é como ter uma dieta balanceada.

Embora o nutricionista seja um profissional indispensável nessa jornada, afinal, é ele quem vai equilibrar os nutrientes de que o seu corpo precisa, é possível ter uma alimentação mais saudável com algumas orientações básicas. Você sabe quais são?

Neste post, trouxemos algumas dicas de como deixar o seu cardápio mais equilibrado e nutritivo. Vamos lá?

As orientações para ter uma dieta balanceada

Quando falamos em alimentação, muitas são as dúvidas que surgem. Nos canais de televisão, nas revistas e na internet, nós nos deparamos com diversas informações que podem ser desencontradas, e é aí que as questões aparecem. Existem diversas maneiras de se ter uma dieta balanceada, que precisam de prescrição do nutricionista.

No entanto, algumas orientações são um consenso entre os profissionais. É a respeito delas que falaremos a seguir, então, confira.

Aposte nos vegetais

Os vegetais devem ser a base da dieta, independentemente de ela ser vegetariana ou não. É por meio desses alimentos que conseguimos as quantidades adequadas de vitaminas, minerais e fibras. Esses nutrientes são importantíssimos para manter o bom funcionamento do organismo, regulando a produção de componentes, fazendo parte de estruturas, entre outras funções.

Sendo assim, não deixe de consumir verduras, legumes, frutas, cereais e leguminosas diariamente. Todos esses itens são capazes de oferecer tudo de que o nosso corpo precisa para ter saúde.

Faça substituições saudáveis

Que tal substituir os alimentos tradicionais por versões mais saudáveis? Os pães, as massas e o arroz branco, por exemplo, podem ser substituídos pelos integrais. Os integrais não têm a casquinha do cereal removida, mantendo, assim, mais nutrientes e fibras. Dessa maneira, são mais nutritivos e trazem saciedade. Ou seja, com pouca quantidade você se satisfaz por mais tempo.

Outro alimento que pode ser facilmente substituído é o açúcar branco. O demerara e o mascavo são opções mais nutritivas, porém contêm a mesma quantidade de calorias. Por isso, é preciso tomar cuidado com a quantidade. Já o xilitol, o eritritol e a estévia são adoçantes naturais que podem ser usados no lugar do açúcar e que têm poucas calorias.

Beba água

A água é essencial ao corpo, pois a nossa maior parte é feita dela. Quando sentimos sede é porque o organismo já precisa há algum tempo de hidratação. Por isso, a melhor forma é beber água constantemente, e não somente quando sentimos necessidade.

Há uma ideia de que é preciso beber 2 litros de água por dia. No entanto, se a gente considerar que existem pessoas de todos os tamanhos, é bem vaga essa quantidade. Por isso, o ideal é multiplicar o peso corporal por 35 ml. Assim, você chega à quantia certa. Por exemplo, uma pessoa de 50 kg deve tomar, pelo menos, 1.750 ml (50 kg x 35 ml) de água por dia.

Faça boas escolhas

A vida é feita de escolhas, não é mesmo? Portanto, saber escolher faz toda a diferença, inclusive na alimentação. Um suco de laranja, por exemplo, embora tenha o mesmo número de calorias que um refrigerante, contém muitos nutrientes e é bem mais saudável.

Sendo assim, é melhor optar pelo suco da fruta natural que pela bebida industrializada. Outra dica é: sempre que for comer algo não saudável, pergunte-se se vale a pena mesmo consumi-lo. Muitas vezes, apenas por hábito, ingerimos comidas de que nem gostamos tanto assim, e isso pode prejudicar a saúde.

Adicione sementes aos pratos

As sementes são ótimas para a saúde, pois contêm gorduras boas, como o ômega-3, além de fibras. Por isso, inclua-as nas suas refeições. Além de saudáveis, dão um crocante que faz a diferença no prato. Sementes de chia, de linhaça, de abóbora e de girassol são as mais utilizadas. Coloque-as nas saladas, nos iogurtes, nas massas de pães, de bolos e de biscoitos, ou onde mais a sua criatividade mandar.

Monte uma refeição colorida

As cores dos alimentos falam muito sobre eles. Cada uma representa a presença de um grupo de nutrientes específicos e necessários ao organismo. Por exemplo, os vegetais verde-escuros contêm ferro, assim como os de cor alaranjada são fontes de betacaroteno.

Dessa maneira, procure variar o seu prato e colocar, pelo menos, 5 cores em cada refeição. Assim, você garantirá um cardápio bem diversificado em sabores e nutrientes.

Invista nos lanches entre as refeições

Os lanches saudáveis são uma ótima maneira de evitar os exageros nas refeições principais ou de matar a fome na hora em que ela aperta. As melhores escolhas são as frutas (frescas e secas) e as oleaginosas, como nozes, amêndoas, castanhas e amendoins.

As frutas dão energia e oferecem vitaminas, minerais e fibras. Prefira consumi-las in natura e não exagere nas porções, principalmente das versões secas. Já as oleaginosas são fontes de gorduras boas e fibras, o que ajuda a segurar bem a fome até a próxima refeição.

A importância do acompanhamento nutricional

Alimentação é coisa séria. É por meio dela que nutrimos o nosso corpo e damos a ele tudo de que precisa para funcionar bem e prevenir doenças. Como cada pessoa tem uma necessidade de nutrientes diferente, ninguém é melhor que o nutricionista para balancear o cardápio.

É ele quem vai, junto a você, decidir a melhor estratégia nutricional e ajudar a adotar melhores hábitos. Quando decidimos fazer dieta por conta própria, principalmente as mais restritivas (que geram mais chances de frustrações, inclusive), colocamos a saúde física e mental em jogo. Portanto, o acompanhamento profissional é imprescindível.

Viu como ter uma dieta balanceada não tem muito segredo? Basta adquirir bons hábitos, fazer boas escolhas e contar com um nutricionista para acompanhar de perto o seu cardápio. Assim, você garantirá que o seu corpo estará bem nutrido e evitará enfermidades, como as ligadas à baixa imunidade e as doenças crônicas não transmissíveis.

Gostou do nosso post? Saiba que, nas redes sociais, trazemos ainda mais novidades. Para ficar por dentro de tudo em tempo real, siga-nos! Estamos no Facebook e no Instagram!

Quanto mais natural, melhor.

Chega de ultraprocessados, realçadores de sabor e de listas de ingredientes impossíveis de entender. As nossas
refeições não tem corantes ou conservantes artificiais, e cada ingrediente é comida de verdade.