4 dicas para ser vegetariano da forma certa

como ser vegetariano

Você sabe como ser vegetariano? Hoje em dia, as pessoas estão mais conscientes da importância de se ter hábitos saudáveis, não apenas com o corpo, mas também com o meio ambiente. Por isso, o vegetarianismo ganha cada vez mais adeptos no mundo todo.

Sabemos que a transição no modo de se alimentar e de se relacionar com a comida é uma tarefa delicada. No entanto, colocando em prática algumas dicas é possível fazer isso de uma maneira bem mais tranquila.

Você tem interesse em dar um passo nessa direção? Então continue a leitura, pois neste post trazemos dicas incríveis. Vamos lá?

O que é o vegetarianismo?

Ainda existem muitas dúvidas sobre o vegetarianismo: pode tomar leite? Pode comer ovo? Vou viver apenas de vegetais? Essas questões são muito comuns e entendemos o motivo delas. Tudo o que é novo para a nossa realidade gera certa curiosidade, não é mesmo?

Bom, para começar, é importante explicarmos que existem alguns tipos de vegetarianismo. Assim, já respondemos algumas das perguntas mais frequentes. Veja:

  • ovolactovegetarianismo: permite ovos, leite e laticínio, além dos vegetais;
  • ovovegetarianismo: permite ovos, além dos vegetais;
  • lactovegetarianismo: permite leite e laticínios;
  • vegetarianismo estrito: apenas vegetais.

Como vimos, em nenhum tipo de vegetarianismo se consome carne, porém alguns podem ter produtos de origem animal, como os ovos, o leite e seus derivados. Aqui também devemos lembrar do veganismo, que não envolve apenas alimentação, mas sim um estilo de vida.

No veganismo não se come nada animal, assim como no vegetarianismo estrito. Porém, no primeiro caso, isso se estende a tudo o que consumimos: vestuário, produtos de higiene, cosméticos e até mesmo entretenimento.

O vegano exclui de sua vida qualquer item que resulte de exploração animal. Sendo assim, podemos dizer que todo vegano tem uma alimentação vegetariana estrita, mas nem todo vegetariano estrito tem um estilo de vida vegano.

Por que se tornar vegetariano?

São inúmeras as razões pelas quais se tornar vegetariano pode fazer bem para você. No entanto, as principais estão ligadas à saúde, à qualidade de vida e ao bem-estar. A seguir, confira alguns dos maiores benefícios:

  • aumenta a ingestão de fibras, vitaminas e minerais;
  • melhora a digestão;
  • reduz os níveis de açúcar no sangue;
  • diminui o risco de problemas cardiovasculares;
  • reduz os níveis de colesterol;
  • previne contra doenças crônicas não transmissíveis como obesidade, diabetes e câncer.

Lembrando que tudo isso só acontece se você tiver uma alimentação equilibrada em nutrientes. De nada vai adiantar retirar os alimentos de origem animal sem balancear o cardápio, ok?

Além de ser saudável, o vegetarianismo também contribui para o meio ambiente. A produção de carne demanda muitos recursos naturais, como a água e o solo. Por isso, a redução no consumo também beneficia o nosso planeta.

Como substituir as fontes de cálcio e proteínas?

Uma das maiores preocupações de quem vai se tornar vegetariano é como equilibrar alguns nutrientes, principalmente as proteínas e o cálcio. Afinal, as fontes mais conhecidas são de origem animal. Entretanto, saiba que dá sim, para substitui-los muito bem.

Cálcio

O cálcio é responsável pelo fortalecimento de ossos e dentes, além de fazer parte da contração muscular. Por isso é tão importante ter esse mineral na alimentação. Vegetais verde-escuros como brócolis e espinafre, oleaginosas como castanha do pará ou amêndoas, e também sementes como linhaça e chia são alimentos ricos nesse micronutriente.

Proteínas

As proteínas são matéria-prima para a construção dos músculos e outros tecidos. Elas também ajudam na produção de hormônios, neurotransmissores e anticorpos, na reposição de gasto energético das células e no transporte de substâncias para o corpo.

Não são apenas as carnes e os ovos que contêm esse nutriente. As leguminosas, como feijão, grão de bico e lentilha, os grãos como a quinoa e aveia, sementes como linhaça, gergelim e chia e ainda cogumelos e tofu são excelentes fontes de proteínas no reino vegetal.

Quais são as dicas para ser vegetariano?

Como ser vegetariano? A pergunta que provavelmente o trouxe a este post será respondida com algumas dicas. Esse momento de transição é importante e deve ser feito com consciência.

1. Reduza a ingestão de carnes

Para quem comeu carne a vida inteira pode ser bem difícil retirar esse ingrediente do cardápio de uma hora para outra. Por isso, é interessante reduzir a ingestão aos poucos até parar totalmente.

Uma boa ideia é começar consumindo apenas uma vez ao dia, caso você coma no almoço e no jantar. Depois, passe para dia sim, dia não, até chegar o momento em que se sinta preparado para tirar esse item da sua alimentação.

2. Substitua alimentos de origem animal

Uma boa maneira é começar a substituir os alimentos de origem animal pelos vegetais. É um universo cheio de variedade onde seu paladar vai ficar mais aguçado com novos sabores e seu organismo começa a receber nutrientes diversos também.

O leite de vaca pode ser trocado pelos leites vegetais, como castanhas e amêndoas. O queijo pelo tofu, a carne pela proteína de soja ou tempeh, e assim por diante.

Mesmo que você estranhe no começo, logo se acostumará. Sabia que a gente leva 21 dias para se acostumar a novos hábitos, incluindo os alimentares? Então pode ter certeza que em pouco tempo estará habituado.

3. Experimente novos alimentos

Se você é do tipo de pessoa que torce o nariz para alimentos que ainda não provou, é melhor mudar de atitude. Estar aberto a experimentar novos sabores e texturas é fundamental para o sucesso de qualquer mudança alimentar, não apenas para o vegetarianismo.

Dessa maneira, procure sempre variar o cardápio, incluindo comidas diferentes e saudáveis. Gosta de cozinhar? Então arrisque novos pratos, você pode se surpreender com a gastronomia vegetariana.

4. Consulte um nutricionista

Lembre que ninguém é melhor que um nutricionista para ajudar a equilibrar a alimentação e prescrever suplementação, caso necessário. Esse profissional é quem adaptará o seu menu aos seus gostos e a sua rotina.

Assim, você garante que está recebendo todos os nutrientes que precisa para o seu organismo funcionar direitinho e que a adesão à nova alimentação seja um grande sucesso!

Viu como ser vegetariano pode ser mais fácil do que você imaginava? Com pequenas mudanças nos hábitos, é possível ter uma alimentação saudável, gostosa e nutritiva, que faz bem para a saúde, traz bem-estar e contribui para um meio ambiente melhor.

Gostou da ideia de ter uma alimentação mais saudável e vegetariana, porém não tem muito tempo para cozinhar? Então conheça a Bálsamos congelados! Entre em contato agora mesmo, tire suas dúvidas e faça o seu pedido.

Quanto mais natural, melhor.

Chega de ultraprocessados, realçadores de sabor e de listas de ingredientes impossíveis de entender. As nossas
refeições não tem corantes ou conservantes artificiais, e cada ingrediente é comida de verdade.