Conheça alguns dados sobre alimentação e saúde do brasileiro

Pizza pronta para esquentar no micro-ondas. Frango empanado e pronto para fritar. Você já deve ter visto anúncios na TV e em outras mídias, com esses e outros produtos “cheios de sabor”. Mas o que alimentação e saúde do brasileiro têm a ver diretamente, que você não sabe, mas deve saber?

Ainda que existam pratos muito saudáveis, rápidos e práticos para fazer, há uma outra categoria de alimentos, os trashfoods, que também são simples de preparar, mas que não tem nada de saudável. Ou seja, a maneira como este tipo é feito, totalmente industrializado e cheio de conservantes e aromatizantes, interfere em 100% em sua qualidade final e, por consequência, na sua saúde.

O pior é que o brasileiro consome mais trashfood do que você imagina e dificilmente vai largar esses hábitos se não souber algumas coisas sobre essa comida. Então, conheça, neste post, dados muito importantes sobre alimentação e saúde do brasileiro!

Por que você deve rever seus hábitos alimentares?

O que é mais fácil: abrir um pacote de bolachas recheadas e comer todas ou preparar um arroz integral, com legumes no vapor? Com certeza, o primeiro. Porém, o sabor que a primeira opção traz é totalmente inverso à sua qualidade. E é exatamente disso que você precisa saber mais.

Você até pode questionar que não tem tempo para fazer uma alimentação balanceada e trazer, para casa, pacotes de frutas, legumes e verduras. Tudo bem, a correria da vida hoje em dia, principalmente para quem mora em grandes centros urbanos e tem filhos, é agitada. Mas há sérios motivos para fazê-lo rever conceitos alimentares.

Qual é o panorama da alimentação e saúde do brasileiro?

Uma pesquisa feita pela EAE Business School avaliou que, de toda a América do Sul, o brasileiro é o que mais consome trashfood. Ademais, o estudo revelou uma projeção de aumento de até 30,88%, até o final de 2019 (ainda não há estudo que traga os números reais e atualizados do aumento até este ano).

O outro lado da moeda mostra que se alimentar desse tipo de comida tem impactos sérios na saúde. Algumas doenças logo aparecem, a exemplo da obesidade, do diabetes e de problemas de circulação sanguínea, trazidos pelo excesso de sal e açúcar nos alimentos.

Segundo o Ministério da Saúde, a má alimentação é a segunda maior causa do aumento de peso e da obesidade, depois do sedentarismo. Na balança, são assustadores os dados — 20% da população total enfrenta o problema de obesidade, de acordo com uma pesquisa do MS.

Nessa levada de alto consumo de açúcar, o Brasil já é o quarto país no mundo com a maior população de diabéticos. O número total é de 12,5 milhões de pessoas com a condição, segundo uma pesquisa da International Diabetes Federation (IDF).

O que alimentos de sabores irresistíveis escondem de você?

Você já percebeu que, quando consome algum salgadinho ou outro alimento cheio de sabor e que está naquele pacote fácil de abrir e de se deliciar, sente muita sede? Isso acontece porque esses alimentos são carregados em sal e açúcar, além de, claro, conservantes e aromatizantes.

Isso, por si só, traz um enorme prejuízo à saúde, pois, além de você consumir tais pratos cheios de sal e açúcar, vai beber muito líquido. A lógica desse consumo é tentar acabar com aquela sede incontrolável, causada pelo próprio alimento. E, quando combinado a um refrigerante, então, o efeito nocivo aumenta muito.

Para se ter uma ideia, uma latinha de refrigerante de 300 ml tem 30,3 g de açúcar. Isso equivale a nada menos do que 6 sachês do produto cristalizado. Consumir apenas a bebida já eleva o risco para, principalmente, o diabetes do tipo 2.

Já os pratos prontos que você está acostumado a ver na televisão carregam até 1.734 mg de sódio em uma porção de 325 g. E aquele macarrão instantâneo, fácil de preparar, é o campeão nesse quesito — 1.951 mg da substância em um pacote de 85 g.

Para piorar, segundo a Associação Europeia para o Estudo da Diabetes, não é apenas o açúcar que eleva o risco para o contratempo, mas também o sal.

Sabia que alimentos ricos em açúcar e sal viciam rapidamente?

O que alimentos cheios de sal e açúcar trazem ao seu organismo em curto prazo e médio prazo é, literalmente, viciar o seu paladar. Ainda, mais um motivo com ação viciante, além desses ingredientes, é a alta taxa de aromatizantes. Eles enganam você entregando sabores irresistíveis, porém artificiais.

A partir disso, todas as suas escolhas alimentares serão baseadas nesse padrão de sabores com excesso de conservantes, sódio e carboidratos simples. Essa somatória de ingredientes coloca o valor nutricional da comida lá embaixo — e a sua saúde vai junto a ela.

O que fazer para não consumir uma má alimentação?

Diante de todos esses dados e riscos que a alimentação industrializada traz à sua saúde, é preciso buscar alternativas de alimentos. É aí, então, que chegamos ao ponto em que a alimentação saudável tem o papel de reorganizar a sua saúde e os hábitos alimentares.

Adotar uma alimentação saudável pode não ser simples no começo, principalmente se você está habituado a comer grandes quantidades de alimentos industrializados, mas é o caminho para o bem-estar. Quando você conhecer os efeitos benéficos que alimentos naturais trazem, não terá interesse em voltar atrás.

Em um mundo que, cada vez mais, volta-se para o artificial e que parece ter perdido o tato para o natural, o brasileiro pode redescobrir sua relação com o alimento. Hábitos antes comuns, hoje, tornaram-se raridade, e tarefas simples nesse sentido podem ser feitas por qualquer pessoa.

Cultive uma horta em casa

Em casa, é possível cultivar muitas verduras e legumes, como alface, rúcula, cenoura etc., com uma hortinha. Não pense que é preciso ser um jardineiro ou agricultor para isso. Basta ter algumas mudas, vasos e um espaço pequeno para os alimentos.

Consuma produtos naturais

Hoje, o mercado de produtos naturais e orgânicos no Brasil está em um de seus melhores momentos. Segundo uma pesquisa da agência Euromonitor, o Brasil já alcançou um crescimento de 12,3% até 2017 no mercado de produtos do tipo. Ou seja, esses dados mostram que você pode buscar, próximo à sua casa, ou mesmo na web, por alternativas saudáveis, pois a oferta está cada vez maior.

Compre alimentos feitos por produtores locais

Consumir frequentemente de pequenos produtores locais ou mais próximos de sua cidade é uma ótima alternativa. Já que são produções em pequena escala, tudo é feito à mão, selecionado a dedo e entregue com muito cuidado e qualidade para os consumidores.

Afinal, não são robôs e máquinas que transportam, embalam e carregam pacotes e mais pacotes, e sim pessoas. Nessa economia sustentável, os produtores comercializam praticamente a mesma comida que consomem em casa. Fora que esse ato também é sinônimo de valorizar o trabalho artesanal dessas pessoas, além de estimular a economia e o comércio local.

O brasileiro busca uma alimentação mais saudável?

Apesar de todos os dados alarmantes deste artigo, o brasileiro também está mudando seu perfil de consumo e adotando hábitos mais saudáveis, mesmo que aos poucos. De acordo com o Conselho Brasileiro de Produção Orgânica e Sustentável (Organis), 1 a cada 5 pessoas no país já consome produtos orgânicos.

Além disso, a conscientização sobre os prejuízos do alto consumo de carne aparece em dados. De 2012 a 2018, a parcela de vegetarianos no Brasil aumentou 6%, segundo o IBGE. É um número que parece baixo, mas que, na prática e para o segmento, é muito expressivo.

Ou seja, por um lado, há uma avalanche de propagandas de trashfoods e uma massa ainda presa a hábitos nada saudáveis, muito por falta de informação. Contudo, por outro lado, o que esses últimos dados mostram sobre alimentação e saúde do brasileiro é que, lentamente, ele busca se alimentar melhor.

Diante de todos os aspectos do artigo, você deve ter percebido que a alimentação e saúde do brasileiro precisam mudar e ir ao encontro do simples e natural, que é muito melhor. A Bálsamo Congelados Saudáveis é especializada em comidas balanceadas, que privilegiam seu valor nutricional e próprias para quem não tem tempo de fazer sua própria refeição. Uma opção perfeita para qualquer momento.

Entre em contato com a Bálsamo Congelados Saudáveis e conheça toda a linha de produtos saudáveis e vegetarianos!

Quanto mais natural, melhor.

Chega de ultraprocessados, realçadores de sabor e de listas de ingredientes impossíveis de entender. As nossas
refeições não tem corantes ou conservantes artificiais, e cada ingrediente é comida de verdade.